antonio

Esta Web nasce com vocação integradora, pretendendo ser uma janela aberta e eminentemente visual, da realidade de uma zona geográfica, sobre a que Badajoz exerce sua influência. Por razões evidentes, é impossível incluir neste espaço tantas cidades e espaços como fosse desejável. Por isso cada mês se realizassem novas visitas e se incluirão novas páginas e desta forma iremos mostrando outros lugares e aspectos, deste belo e afável rincão transfronterizo que compartilham o Alentejo português e a Extremadura espanhola.

 

                      Antonio García Candelas                         Professor Técnico de Formação Profisional (Aposentado)  agcandelas@mixmail.com

 

Badajoz, capital na fronteira

Se precisam e agradecem sugestões e opiniões.

"Badajoz, capital na fronteira" é uma modesta, mas inovadora visão de nossa cidade e de seu meio próximo. Badajoz gerou desde sua fundação, um novo ponto geoestratégico, que exerceu desde então sua influência sobre uma ampla zona geográfica, dentro da que se encontram, uma série de populações, com a que se encontra fortemente unida por laços históricos, econômicos-comerciais e sociais. Talvez um enfoque condizente em parte, com as novas relações estabelecidas no seio da Europa das Nações.

PUBLICAÇÕES

À margem de numerosas publicações de caráter didático, em suportes escritos e video (algumas delas premiadas pelo M.E.C.) o autor realizou o trabalho "BADAJOZ, VAGA FORTE", publicado pela Diputación Estadual e apresentado na Feira do Livro, do passado ano 2007.

Em "Badajoz, Plaza forte" se recolhem numerosas imagens das fortificações da cidade.

No momento de escrever estas linhas, o Serviços de Publicações da Diputación de Badajoz lançou "BADAJOZ, As MIRADAS PERDIDAS" Em "Badajoz, as miradas perdidas", recreiam-se ou reconstroem os numerosos elementos já desaparecidos das fortificações medievais e modernas de Badajoz, recuperando, de alguma forma, o passado patrimonial para que possa ser admirado no futuro.

"ELVAS, SENTINELA NA FRONTEIRA" se encontra brinco de publicação, tratando-se de uma obra sobre a próxima, amiga cidade fronteiriça e vizinha de Badajoz.

Antonio García Candelas      Sugestões e impressões

ENTRAR

BADAJOZ